Moldavita

Moldavita é um tipo de tectito nomeado por Armand Defrénoy da cidade de Moldauthein, na Bohemia (República Tcheca), onde há a ocorrência desse material. Inicialmente, imaginava-se que eram objetos artificiais proveniente de vidros de garrafa devido a sua semelhante cor verde. Porém  essa visão começou a ser modificada devido ao fato de amostras começarem a ser encontradas longes de locais onde houvesse manufaturas baseadas no uso de vidro. De fato, amostras desse material foram encontradas no Médio Mioceno e Superior, além de argilas aluviais e cascalhos na Bohemia e Moravia. Por um longo tempo, acreditava-se ser um tipo de obsidiana, porém composição quimica é contra uma hipótese de origem vulcânica.

Atualmente o concenso entre os cientistas é de as moldavitas foram formadas há 15 milhões de anos atrás durante o impacto de um meteorito gigante na cratera de Nördlinger Ries. Porções de rocha foram derretidas pelo impacto, lançadas na atmosfera, endureceram durante a queda e cairam em sua maioria na Bohemia. Moldavitas podem ser encontradas na Republica Tcheca, Austria e Alemanha.

Moldavitas podem ser polidas e cortadas a fim de serem utilizadas em jóias ou peças ornamentais.

As moldavitas são encontradas principalmente nestas localidades: