Coleção Meteoritos
Meteoritos Impactitos
Coleção Brasileiros
Meteoritos Impactitos
A Venda
Meteoritos Impactitos Acessórios
Artigos

ARTIGOS

Coleção didática de meteoritos

Recebo constantemente questionamentos e pedidos sobre coleções didáticas de meteoritos. Por isso, resolvi escrever esse pequeno guia de sugestões de meteoritos. Levo em consideração inicialmente os tipos básicos de classificação: Sideritos, Condritos, Acondritos e Siderólitos. Posteriormente cito alguns meteoritos interessantes por nome.

Para cada tipo principal, ainda faço sugestões baseadas em características que podem ser trabalhadas.

Sugiro também não basear uma seleção de meteoritos muito pequenos para a divulgação. Mais vale um amostra que demonstre alguma característica desejada, do que um monte de fragmentos que não passam nenhuma informação. 

Sim! meteoritos são caros, então a dica é ir montando um acervo aos poucos e não querer ter todas as peças representativas de uma vez só caso o orçamento seja limitado.

Abaixo segue finalmente as sugestões:

 

Sugestão para Meteoritos Condritos ou de Rocha
É possível abordar várias caracteristicas, como a presença de côndrulos, a crosta de fusão e "flocos" de metal em seu interior. A amostra de condrito mais barata por peso é o NWA não classificado
. Acho que vale a pena voce ter uma amostra desse material e algumas que evidenciem outras caracteristicas como:

  1. Côndrulos: pequenas "bolinhas" visíveis em uma fatia de condrito. Representam a solidificação dos primeiros sólidos que se formaram no início do nosso sistema solar há 4.56 bilhões de anos. Literamente os côndrulos (e até mesmo os condritos) são fósseis do nosso sistema solar. Sugestão:  meteorito Santa Vitoria do Palmar tipo L3. Aqui poderia ser interessante tambem um carbonáceo CV3. O interessante dos carbonáceos também é mostrar os CAIS (Inclusões de cálcio e alumínio, que também sua formação é tão ou mais antiga que a dos próprios côndrulos).
  2. Flocos de ferro no interior: Os condritos possuem uma quantidade razoável de ferro em estado metálico (isolado), e é facilmente visível em fatias. O ferro metálico estava disponível na nebulosa solar no inicio da formação do nosso sistema solar e foi incorporado no corpo parental dos condritos. Note que nos acondritos não encontramos esses "flocos" metálicos, pois o material sofreu diferenciação ao longo de sua formação e o material mais pesado, como o o ferro, se concentrou no núcleo desses corpos originando o material que deu origem aos meteoritos sideritos. Escolha para demosntrar essa características meteoritos tipo H. Sugestão: Gold Basin
  3. Crosta de fusão: Camada externa do meteorito que foi transformada no processo de reentrada. Prefira meteoritos "frescos" ou recém-caidos pois a sua crosta está bem mais preservada. Meteoritos intemperizados como a maioria dos NWA de "baixo custo" (em geral os não classificados) já perderam há muito sua crosta de fusão ou apresenta apenas resquícios. Sugestão de queda recente com bom custo-benefício e representatividade: Chelyabinsk  LL5

 

Sugestões para Meteoritos Férreos ou Sideritos
Aqui sugiro um meteorito brasileiro chamado uruaçu. Possui um preço baixo por peso e tenho amostras maiores. O interessante do siderito é justamente o fato dele ser composto essencialmente de ferro e o peso é um fator a ser demonstrado. Se voce pegar uma peça de poucas gramas essa característica fica difícil de ser notada pelos alunos.
É possível conseguir amostras tipo museu desse meteorito, com pesos de dezenas de  kg. Os sideritos ainda possuem as seguintes características que também vale a pena explorar:

  1. Figura de Widmanstatten: Alguns tipos de meteoritos metálicos apresentam uma bela caracteristica representadas por lamelas. Essa caracteristica foi formada devido ao lento resfriamento do material no núcleo do asteroide parental que originou os meteoritos de ferro. A classificação estrutura do meteorito de ferro leva em consideração a largura da lamela. Para demonstrar essa característica procure por sideritos octahedritos médios ou finos. Uma boa sugestão de octaedrito fino é o meteorito Muonionalusta. Infelizmente meteoritos comuns como o Campo del Cielo ou Uruaçu são do tipo estrutural muito grosseiro, logo as lamelas da figura são pouco visiveis. Como todo siderito em formato de fatias, o ferro não oxidado é exposto e oxidação pode ocorrer. Nesse caso mantenha a peça em caixas expositoras lacradas com durex e silica no interior. Troque a silica sempre que saturar.
  2. Remagliptos: Caracteristica presente em todos os tipos de meteoritos, porém mais facilmente visiveis nos meteoritos sideritos. A melhor sugestão de meteorito que apresenta essa característica é o meteorito caido na russo em 1947 chamado Sikhote-Alin.

 

Sugestões para Meteoritos Acondritos
Há muitos tipos diferentes, mas o que mais chama a atenção são os planetarios e lunares.  São meteoritos originários de corpos parentais que sofreram diferenciação. Não apresentam em geral ferro metálico em sua constituição. (Na classificação mais moderna os sideritos estão dentro da família dos acondritos). Como sugestão fica o lunar NWA 11273 de ótimo custo-beneficio. O Tatahouine também é uma boa pedida.

 

Sugestões para Meteoritos Mistos ou Palasitos
Representa o grupo mais atrativo dos meteoritos. Apresentam uma matriz metálica com inclusões de cristais de olivinas: vide o meteorito Sericho, ótimo custo em relação aos palasitos. Se quiser um palasito mais estável e com olivinas translucidas, a recomendação é o palasito russo Seymchan. 


 
Alguns Meteoritos interessantes:

Abaixo algumas recomendações de meteoritos por nome e alguns fatos interessantes a serem explorados. Alguns deles já foram citados em indicações acima:

  • Chelyabinsk: queda russa 2013. Foi um evento muito grande e tem vários vídeos na Internet. A dica é explorar os diversos video que captaram essa impressionante queda. Procure no youtube ou veja na seção de venda desse meteorito aqui no meu site. 
  • Canyon Diablo: Siderito que gerou a cratera do Arizona, a cratera mais bem preservada conhecida. Interessante explorar esse meteorito com fotos ou videos da famosa cratera do Arizona. Um modelo 3D da cratera também é uma boa pedida.
  • Uruaçu: Siderito brasileiro (Goiás) com melhor custo-beneficio em relação aos meteoritos brasileiros. Basicamente o único meteorito brasileiro que será possivel adquirir uma massa inteira a baixo custo. A disponibilidade desse material tem caido muito. Logo aproveite antes que acabe!
  • Sikhote-Alin: siderito que caiu na russia em 1947. É um lindo meteorito e praticamente essencial em qualquer coleção de meteoritos! Veja o vídeo na seção de venda desse meteorito aqui no meu site.
  • Tatahouine: Meteorito acondrito Verde. Caido no local associado à trilogia de StarWars.
  • NWA 11273:  Meteorito Lunar descoberto recentemente e com uma grande quantidade de massa encontrada. Fez o preço do meteorito lunar despencar. Lembro da época que o grama do lunar custava de 500 a 1000 dolares. Agora é possivel adquirir esse lindo lunar por uma fração desse custo. Explore o meteorito juntamente com fotos e videos da lua.
  • NWA 6963: Um dos meteoritos marcianos com melhor custo-benefício. Explore esse interessante marciano com fotos e videos de marte.
  • Sericho: Palasito encontrado recentemente no Quenia e que tornou o custo desse material muito mais acessível. As peças a venda são confeccionadas por mim, o que ajuda na redução do custo final. Mantenha sempre esse palasito quando em fatias em caixas expositoras lacradas com durex e sílica no interior. Troque sempre que saturar a lâmina.
  • Bendegó: Considerado um dos meteoritos brasilieros mais importante e famoso. Descoberto numa época em que ainda não se aceitava a origem extra-terrestre dos meteoritos. É protagonista de uma histórica épica de translado desde o sertão da bahia até o hall principal do Museu Nacional no Rio de Janeiro. Viagem esta encomendada pelo imperador D. Pedro II.  Pesquise no google e encontrará muita informação sobre essa interessante história.

 

Utilize os textos explicativos sobre os tipos básicos de meteoritos (condritos, sideritos, acondritos e siderólitos) do meu site para montar o seu material de divulgação.

Posso mandar todas as amostras menores em caixinhas transparente para exibição e proteção. As peças que podem oxidar (palasitos e fatias de sideritos) vão lacradas com silica gel.

 

De nada adianta também ter amostras interessantes e representativas se você ainda não domina pelo menos os tipos básicos e características principais para poder fazer a devida divulgação. Neste site há muito texto descrevendo essas características. Fica a sugestão também de uma boa literatura, como o livro "Rocks from Space", do Richard Norton.